Dicas para construção de uma família feliz. Parte VI

1

Arquivado em ,

Nem toda transgressão tem que ser punida.

Por Renato Vargens

Nesta semana eu ouvi no "Bem amigos" ( programa esportivo do Esporte TV), que o Jornalista Armando Nogueira era uma pessoa que sabia lidar muito bem com o erro dos outros. Ao ouvir essa afirmação, foi inevitável não pensar naquelas pessoas, que por qualquer desvio ou erro dos seus filhos, descem o cajado sobre eles. Pois é, por acaso você já se deu conta que da existencia de pais que não sabem lidar com a transgressão dos seus filhos? Pois é, nem toda transgressão tem que ser tratada com punição.

Claro que existem situações que limites precisam ser estabelecidos, no entanto, nem todos os momentos em que acontece uma transgressão a criança tem que ser punida, mesmo porque transgredir em alguns casos é a afirmação das dúvidas existentes no coração dos pequeninos.

Caro leitor, a transgressão é um espaço de indeterminâncias. Um espaço repleto de possibilidades de sentidos, significados e representações daquilo que vai se constituindo como certo e errado. Ouso afirmar que em alguns casos uma transgressão pode ser mais positiva na formação do caráter de uma criança do que a obediência cega a uma ordem despótica dos pais.

Infelizmente alguns pais fizeram do seu lar um tipo de reality show, onde câmeras filmam e fotografam as falhas e erros dos seus filhos, trazendo sobre eles a punição merecida pelos seus "fracassos." A consequência direta disso é que alguns destes meninos e meninas estão crescendo cheios de medo e pavor, isso sem falar é claro, de que vão viver uma vida aquém do esperado, simplesmente pelo fato de que sua auto-estima foi severamente afetada por tanta repreensão.

Isto posto, afirmo que não vale pena brigar por tudo!

Comente aqui!

Ajude as vítimas da tragédia em Niterói

2

Arquivado em



Todos sabemos da imensa tragédia que acometeu Niterói. Há centenas de pessoas debaixo de escombros, 90 mortos, e somente no Morro do Bumba há cerca de 200 pessoas desaparecidas . Neste momento, uma onde de saques assola a cidade e um vazamento de óleo ameaça a Bahia de Guanabara.

Ficar dando retwitter nas notícias não ajuda muito. Lamentar-se e cruzar os braços também não. Precisamos fazer alguma coisa, e logo.

Os pastores Renato Vargens e Márcio de Souza, da Igreja Crista da Aliança, estão arrecadando roupas, medicamentos e alimentos não-perecíveis e distribuindo entre as vítimas da catástrofe. Se você deseja fazer uma doação, entre em contato por um destes telefones à seguir:

Pr. Márcio de Souza 8139-4764
Evelyn Guedes- 8309-9395 -
Márcio Pincanço- 9899-3875 -
Pr. Renato Vargens - 9123-7399
Pr. Claudio Alvares - 7630-9568
Alexandre Demidoff - 8527-1876
Tatyane Vidal - 9532-6395
Augusto Elias - 8685-0124
Vagner Luiz - 8680-1516


Precisamos nos mobilizar e ajudar a população Fluminense que, com absoluta certeza, passa pelo momento mais difícil de sua história.


***
Para saber mais detalhes sobre a campanha "Ajude Niterói" e sobre como ajudar, acesse: http://ajudeniteroi.blogspot.com, onde você achará notícias sobre Niterói e saberá como ajudar às vítimas.

[Se possível, reproduza este texto em seu blog ou site]
Comente aqui!